Home Sem categoria Como está o mercado imobiliário israelense?

Como está o mercado imobiliário israelense?

Autor

Data

Categoria

Agora é um bom momento para comprar um imóvel ou você deve esperar? Você deveria ser mais flexível em seu preço de venda? Devo pechinchar com meu senhorio e tentar fazer com que ele abaixe meu aluguel? Estas são apenas algumas das perguntas que foram feitas recentemente sobre Bens imóveis de Israel mercado. “Em termos de vendas e compras, o mercado imobiliário de Israel está estagnado há algum tempo. Não mudou muito desde o surto do COVID-19 ”, disse Tzachi Kutinsky, um consultor imobiliário. “A única coisa que mudou é que uma nova camada de incerteza foi adicionada à equação e, portanto, ninguém realmente tem ideia de como o vento está soprando no momento. Um grande número de locatários está encontrando falta de dinheiro para pagar seus custos mensais de aluguel, e muitos proprietários estão tendo dificuldade para pagar suas prestações mensais de hipoteca. Resumindo, todo o mercado imobiliário está um caos completo. ”Eli Baider, contador e consultor imobiliário da RE / MAX Israel, afirma que a crise do COVID-19 atingiu duramente o mercado imobiliário. “As pessoas que estavam tentando vender suas propriedades não se sentiam à vontade com estranhos perambulando por suas casas durante a epidemia e, portanto, muito poucas casas foram vendidas recentemente”, explica Baider. “Por outro lado, os negócios que já haviam sido iniciados antes do sucesso do COVID-19 foram, em sua maioria, fechados com sucesso.”O que você acha que vai acontecer agora no mercado imobiliário?
“No mercado imobiliário de luxo em Tel Aviv, por exemplo, os clientes têm sido muito menos afetados pelo desemprego em massa do que em outras partes do país. A maioria das pessoas que compra unidades de luxo não corre o risco de ser demitida do emprego e, na maioria das vezes, também não está fazendo hipotecas para essas casas. Eu acho que pode haver alguns negócios em que os vendedores estão dispostos a diminuir o preço para que eles possam prosseguir com a compra de uma casa diferente, mas pelo que estou vendo agora, os preços na verdade não estão caindo mais de 3% a 5%. Não há nenhuma nova construção em andamento no momento, e no mercado residencial de luxo no centro e norte de Tel Aviv, a oferta é extremamente limitada. Por esse motivo, não espero que haja uma queda nos preços no futuro próximo. ”Baider explica que os vendedores ainda hesitam em permitir que compradores em potencial entrem em suas casas devido ao contágio. “É por isso que na RE / MAX estamos usando tecnologia avançada para superar esse obstáculo”, acrescenta. “No passado, sempre trazíamos clientes para ver os apartamentos pessoalmente, mas hoje oferecemos passeios virtuais para que possamos primeiro verificar se o cliente está especificamente interessado naquele local.”

“O mercado imobiliário ainda não se acomodou à nova realidade”, admite Kutinsky. “Pelo menos até o final de 2020, acredito que o mercado ainda estará reagindo à crise. As únicas pessoas que venderão seus apartamentos agora são pessoas cujos negócios enfrentaram problemas financeiros, que compraram propriedades com alavancagem desnecessária e agora não têm como pagar por elas. Ou há pessoas que já compraram outra propriedade e estão desesperadas para vender sua casa atual. A maioria dos negócios que serão finalizados em um futuro próximo serão por pessoas que não têm escolha ou que estão passando por dificuldades financeiras. ” “Assim que as restrições foram amenizadas e as coisas começaram a voltar ao normal, o mercado imobiliário começou a acordar e o número de vendedores e compradores voltou aos números anteriores”, diz Rotem Dror, que trabalha para a rede de corretagem anglo-saxônica em Gedera , Gan Yavneh, Bnai Ayesh e outras comunidades na área. “Como todos sabem, muitas pessoas recentemente tiveram licença sem vencimento ou foram demitidas quando a crise do COVID-19 aconteceu. Isso colocou o mercado em um estado de incerteza e falta de capacidade financeira vis-à-vis os bancos. Alguns de nossos clientes suspenderam o plano de venda ou compra de uma casa nova, pois perderam o emprego e percebem que não estariam em posição de pagar mensalmente a hipoteca em tal estado de instabilidade. Por outro lado, algumas pessoas já haviam comprado uma casa nova e estão desesperadas para vender a antiga. ”“ Essa desaceleração na atividade não foi tão extrema desde julho de 2015 [when there was a drop of 43% compared with the previous month] que se seguiu a uma onda de compras por parte de investidores em junho daquele ano, na tentativa de prevenir a piora das taxas de tributação [when then-finance minister Moshe Kahlon planned to raise purchase taxes by more than 60%], de acordo com uma pesquisa imobiliária preparada pelo escritório do Economista-Chefe. De acordo com a CBS, houve queda de 11,4% no número de unidades vendidas nos meses de janeiro a março de 2020, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Kutinsky, no entanto, afirma que haverá muitas grandes oportunidades de investimento imobiliário nos próximos seis meses para investidores experientes. “Como haverá menos compradores, investidores extremamente familiarizados com o setor imobiliário, com recursos disponíveis e que sabem reconhecer um bom negócio, certamente encontrarão oportunidades de investimento que valem a pena.”Você acha que os preços dos imóveis vão cair?
“Prevejo que não haverá uma queda drástica nos próximos seis meses, exceto em casos específicos em que os proprietários estão desesperados para se livrar de seus ativos. Provavelmente haverá alguns ajustes no mercado de aluguel. Os proprietários de apartamentos cujos inquilinos foram colocados em licença sem vencimento ou demitidos de seus empregos têm duas opções: podem despejar seus inquilinos ou reduzir o valor do aluguel. Quer queiram ou não, muitos proprietários terão de baixar o valor do aluguel que cobram ”.“ Conversamos com todos os franqueados espalhados por todo o país ”, explica Dror. “É muito cedo para dizer isso preços de propriedades caíram. Os preços iniciais que estamos vendo são praticamente os mesmos de antes da crise, mas as famílias que já compraram uma casa nova estão definitivamente dispostas a ser mais flexíveis agora com seus preços de venda. Mas é muito cedo para dizer se isso será uma tendência ou não. As tendências do mercado imobiliário só podem ser medidas durante um longo período de tempo. Os poucos meses da epidemia de COVID-19 não são nem de longe um período de tempo longo o suficiente para prever uma tendência. A única mudança que vimos até agora é uma ligeira queda nos preços de aluguel. ”“ Presumindo que as coisas voltem ao normal dentro de um ou dois meses, há uma série de fatores que podem afetar os preços dos imóveis ”, disse o Prof. Aharon Namdar, reitor e chefe da Escola de Imóveis no Netanya Academic College. “O primeiro componente é o número de unidades habitacionais disponíveis. É altamente provável que os empreiteiros não iniciem novos projetos de construção, pois estão preocupados que os clientes em potencial não terão o capital necessário para comprar apartamentos. Com isso, acredito que a redução da oferta com certeza afetará os preços. Se houver menos construções iniciadas, a oferta diminuirá. Quanto mais a epidemia durar, mais a oferta será reduzida. Além disso, as taxas de juros geralmente aumentam em tempos de crise, uma vez que menos pessoas estão dispostas a fazer hipotecas por medo de não conseguirem pagar os pagamentos mensais, principalmente devido à incerteza quanto ao emprego. Em uma situação em que não haja início de novas construções, os preços permanecerão estáveis ​​ou aumentarão ligeiramente. Por outro lado, se as pessoas estão preocupadas em perder seus empregos e desanimadas com as altas taxas de juros, as taxas de vendas cairão. E se houver menos vendas, os preços definitivamente começarão a cair. Mas os casais jovens só podem viver com os pais por um determinado período de tempo. ”Você acha que o programa governamental de moradias populares Mechir Lemishtaken continuará a afetar o mercado imobiliário no futuro?
“O programa Mechir Lemishtaken é uma grande fraude. No final do dia, existe apenas um mercado e você não pode simplesmente criar um segundo. O próprio programa está tentando paralisar o mercado livre. Este programa com falha é injusto e deve ser cancelado. Se uma pessoa inteligente que está familiarizada com o assunto por dentro se juntar ao governo, ele pedirá que seja rescindido. Se for cancelado, suponho que levará mais três a quatro anos até que novos programas comecem a ter influência no mercado. Não haverá, no entanto, nenhum impacto imediato agora. ”“ Prevejo uma queda nos preços no curto prazo ”, conclui Namdar,“ mas não será dramático e não afetará todas as regiões. Por exemplo, afetará Eilat e as cidades da periferia de Israel muito mais. Os preços podem cair até 10% no futuro imediato nessas áreas. No entanto, em Jerusalém e no centro de Israel – Tel Aviv, Ra’anana, Givatayim e Ramat Gan – os preços permanecerão estáveis ​​ou, no máximo, cairão até 5%, pela simples razão de que a oferta caiu muito. Mas todas essas previsões são baseadas em Israel sair da epidemia dentro de um mês ou dois. Se o vírus persistir por anos, é muito difícil prever como ele afetará o mercado imobiliário. ”“ Com relação ao mercado de aluguel de apartamentos ”, continua Namdar,“ prevejo que haverá uma queda de 10% em todo o país em preços. E esse valor pode continuar caindo. Um grande número de jovens perdeu seus empregos quando o surto de COVID-19 nos atingiu. Portanto, ou os proprietários reduziram as taxas de aluguel ou foram forçados a usar as economias. Muitas pessoas pararam de receber ajuda financeira dos pais. Todos esses fatores levarão a uma redução nas taxas de aluguel em todo o país. ”“ No setor de aluguel, houve um grande aumento na oferta, uma vez que alguns locatários que se encontram desempregados desistiram de seus apartamentos e voltaram a morar com seus pais, ”Acrescenta Baider. “Em Tel Aviv, também há muitos apartamentos que são alugados diariamente por sites como o Airbnb. Os proprietários desses apartamentos agora estão dispostos a reduzir consideravelmente as taxas apenas para poderem cobrir seus pagamentos de impostos imobiliários. Não houve grande mudança no número de unidades habitacionais disponíveis para venda, enquanto a oferta no mercado de aluguel disparou agora devido à falta de demanda por diárias e aluguel de curto prazo. Os preços do Airbnb provavelmente cairão de 30% a 40%, especialmente porque não há turistas estrangeiros no país agora. Prevejo uma queda de 10% a 15% nas taxas de aluguel de longo prazo. ”“ Prevejo que o mercado imobiliário terá um grande pico em 2021, por alguns motivos ”, explica Kutinsky. “As pessoas estão se acostumando rapidamente com a nova normalidade – elas têm um período de memória extremamente curto. Uma redução na oferta de apartamentos devido à atual inatividade do mercado imobiliário levará a um aumento nas compras de imóveis residenciais. Além disso, novos players entrarão no mercado; Os principais participantes do mercado imobiliário perceberão que precisam de um ambiente mais estável e seguro, e o mercado imobiliário residencial tem se mostrado extremamente estável. “Mesmo em períodos de queda dos preços, eles voltaram a subir”, continua Kutinsky. “Atualmente, faltam mais de 100.000 unidades habitacionais em Israel. Isso se deve ao fato de os empreiteiros terem interrompido todas as iniciações de habitação e também porque o programa Mechir Lemishtaken enganou os compradores em potencial que se tornaram jogadores inativos. Muitos jovens casais estão esperando e esperando ser escolhidos para este programa e, portanto, não compraram um apartamento. O governo prometeu que os preços cairiam e, portanto, o mercado ficou bloqueado. Agora, o mercado vai finalmente voltar ao normal e os preços vão disparar em 2021. Tudo isso depende da suposição de que o surto de COVID-19 não retornará. ” O fisioterapeuta pode estar sentado ao seu lado, mas você está no comando. Traduzido por Hannah Hochner.

Fonte: https://www.jpost.com/israel-news/how-is-the-israeli-housing-market-bearing-up-630267

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos recentes

Bebê morre afogado em batismo da Igreja Católica Ortodoxa

Contando com cerca de 250 milhões de fiéis no mundo, presentes principalmente na Europa Oriental, em países como Rússia, Romênia e Ucrânia, a Igreja...

Governo do Reino Unido está pensando em bater nas portas de vacinas de refusniks

O governo do Reino Unido está considerando um plano para enviar funcionários do conselho para bater nas portas daqueles que se recusaram a tomar...

Rompendo com a tradição católica, o papa indica a primeira mulher para um cargo sênior

CIDADE DO VATICANO, Santa Sé - O Papa Francisco rompeu com a tradição católica ao nomear uma mulher como subsecretária do sínodo dos bispos,...

Vacinação desacelerou em 50%, lamenta oficial, culpando ‘notícias falsas’ online

Mesmo que as vacinas estejam agora sendo oferecidas a todos os israelenses com mais de 16 anos, o ritmo das vacinações diminuiu drasticamente, disse...

‘Devíamos nos teletransportar, não dirigir’, diz Zuckerberg

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, acredita que o gigante da mídia social está prestes a transformar a maneira como as pessoas...