Home Categorias do Site Saúde Kits de teste rápido de coronavírus Sofia, fabricados nos Estados Unidos, chegam...

Kits de teste rápido de coronavírus Sofia, fabricados nos Estados Unidos, chegam a Israel

Autor

Data

Categoria

Uma remessa de 70 novos coronavírus rápidos Sofia de fabricação americana kits de teste desembarcou no início desta semana em Israel.

A última remessa faz parte de um esforço contínuo para implantar um total de 300 dos kits avançados fabricados pela empresa americana Quidel em todo o país, conforme anunciado pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e pelo vice-ministro da Saúde Yoav Kish em outubro.

Saindo do QG de Quidel em San Diego, o avião de transporte pousou em Israel há alguns dias. O carregamento de 70 dispositivos foi então enviado para o centro logístico de Sofia Israel em Modi’in Illit, e deve ser distribuído para lares de idosos, clínicas médicas e fundos de saúde, bem como para bases do IDF, Polícia de Israel e Serviços Prisionais.

Os kits Sofia, baseados em uma nova tecnologia pioneira, que já foi aprovada pelo FDA, permitem a aplicação de cerca de 40 exames de coronavírus por hora e fornecem resultados em 15 minutos, sem a necessidade de enviar achados a um laboratório, tornando muito o processo mais rápido e fácil, logisticamente falando.

Cerca de 50.000 dispositivos Sofia já estão sendo usados ​​nos Estados Unidos. Israel é um dos primeiros países a receber a tecnologia avançada, com mais de 60.000 testes administrados nas últimas semanas, e espera-se que chegue a 200.000 nas próximas semanas.

Os kits Sofia em Israel foram conectados aos sistemas do Ministério da Saúde e já foram implantados em mais de 100 pontos de teste.

Sofia é o primeiro kit de teste rápido a operar procurando por antígenos de coronavírus. De acordo com a Sofia Israel Company, o teste tem uma taxa de “sensibilidade” de 96,7% e uma taxa de “especificidade” de 100%.

Contudo, preocupações sobre a precisão dos kits de teste rápido inovadores surgiram recentemente, com uma associação de trabalhadores de laboratório relatando que, de acordo com seus testes, a taxa de sucesso dos dispositivos Sofia foi de apenas 84%.

Fonte: https://www.jpost.com/health-science/american-made-sofia-rapid-coronavirus-test-kits-land-in-israel-648210

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos recentes

Bebê morre afogado em batismo da Igreja Católica Ortodoxa

Contando com cerca de 250 milhões de fiéis no mundo, presentes principalmente na Europa Oriental, em países como Rússia, Romênia e Ucrânia, a Igreja...

Governo do Reino Unido está pensando em bater nas portas de vacinas de refusniks

O governo do Reino Unido está considerando um plano para enviar funcionários do conselho para bater nas portas daqueles que se recusaram a tomar...

Rompendo com a tradição católica, o papa indica a primeira mulher para um cargo sênior

CIDADE DO VATICANO, Santa Sé - O Papa Francisco rompeu com a tradição católica ao nomear uma mulher como subsecretária do sínodo dos bispos,...

Vacinação desacelerou em 50%, lamenta oficial, culpando ‘notícias falsas’ online

Mesmo que as vacinas estejam agora sendo oferecidas a todos os israelenses com mais de 16 anos, o ritmo das vacinações diminuiu drasticamente, disse...

‘Devíamos nos teletransportar, não dirigir’, diz Zuckerberg

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, acredita que o gigante da mídia social está prestes a transformar a maneira como as pessoas...