Home Categorias do Site Saúde ONU realizará cúpula do coronavírus para ação global coletiva

ONU realizará cúpula do coronavírus para ação global coletiva

Autor

Data

Categoria

o Nações Unidas votou na quinta-feira para realizar uma cúpula sobre a pandemia COVID-19 em dezembro, para pressionar por uma ação coletiva sobre a propagação global do coronavírus e seus efeitos nas sociedades, economias, empregos, comércio global e viagens, relatou a Associated Press.

A reunião será realizada de 3 a 4 de dezembro de acordo com uma resolução aprovada pela Assembleia Geral em uma votação de 150-0 com a abstenção de Israel, Estados Unidos e Armênia. O evento incluirá uma discussão conduzida pelo chefe da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, além de discursos pré-gravados por chefes de estado e de governo das 193 equipes de membros da ONU, um observador palestino e a Santa Sé.

As negociações para a resolução, lideradas pelo Azerbaijão e Canadá, foram colocadas em votação após a derrota de três emendas propostas pelos mesmos três países que se abstiveram de votar.

A emenda apresentada por Israel teria eliminado uma referência aos “estados observadores” da ONU, que incluem o Territórios Palestinos.

A emenda apresentada pelos Estados Unidos teria eliminado uma referência à OMS, da qual os EUA se retiraram em julho por ordem do presidente Donald Trump.

A emenda proposta pela Armênia teria eliminado uma referência ao Movimento Não-alinhado de 120 membros, que iniciou a convocação para uma sessão especial, informou a AP.

O objetivo da resolução é reconhecer a necessidade de uma resposta global à pandemia “que seja centrada nas pessoas, com perspectiva de gênero, com pleno respeito pelos direitos humanos, multidimensional, coordenada, inclusiva e inovadora, baseada na unidade, solidariedade e multilateral cooperação “, relatou a AP.

O presidente da Assembléia, Volkan Bozkir, chamou a sessão de “momento histórico”, mas acrescentou mais tarde que “se alguma coisa, é um primeiro passo tardio”.

Em outubro, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em entrevista à Associated Press, chamou o G20 por não ter se reunido em março para estabelecer uma resposta coordenada para suprimir o coronavírus. Ele culpou a falta de coordenação pela conseqüente disseminação do vírus pelo globo.

No final deste mês, uma cúpula virtual será realizada de 21 a 22 de novembro, durante a qual Guterres e a ONU defenderão uma melhor coordenação, além de buscar uma “garantia” de que qualquer vacina contra o coronavírus não será apenas disponibilizada e acessível para a população global , mas também ser tratado como um “bem público”.

Fonte: https://www.jpost.com/health-science/un-to-hold-coronavirus-summit-for-collective-global-action-648325

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos recentes

Bebê morre afogado em batismo da Igreja Católica Ortodoxa

Contando com cerca de 250 milhões de fiéis no mundo, presentes principalmente na Europa Oriental, em países como Rússia, Romênia e Ucrânia, a Igreja...

Governo do Reino Unido está pensando em bater nas portas de vacinas de refusniks

O governo do Reino Unido está considerando um plano para enviar funcionários do conselho para bater nas portas daqueles que se recusaram a tomar...

Rompendo com a tradição católica, o papa indica a primeira mulher para um cargo sênior

CIDADE DO VATICANO, Santa Sé - O Papa Francisco rompeu com a tradição católica ao nomear uma mulher como subsecretária do sínodo dos bispos,...

Vacinação desacelerou em 50%, lamenta oficial, culpando ‘notícias falsas’ online

Mesmo que as vacinas estejam agora sendo oferecidas a todos os israelenses com mais de 16 anos, o ritmo das vacinações diminuiu drasticamente, disse...

‘Devíamos nos teletransportar, não dirigir’, diz Zuckerberg

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, acredita que o gigante da mídia social está prestes a transformar a maneira como as pessoas...