Home Sem categoria Promotores brasileiros entram com ações de peculato contra filho de Jair Bolsonaro...

Promotores brasileiros entram com ações de peculato contra filho de Jair Bolsonaro | Brasil

Autor

Data

Categoria

O filho mais velho de Jair Bolsonaro foi formalmente acusado de apropriação indébita, lavagem de dinheiro, apropriação indébita de fundos e direção de uma “organização criminosa”, enquanto acusações vulgares continuam girando em torno da família do presidente de extrema direita do Brasil.

Ministério Público no Rio de Janeiro anunciado na noite de terça-feira que haviam entrado com as acusações contra Flávio Bolsonaro, 39, um senador cujos assuntos estiveram sob os holofotes desde a véspera da posse de seu pai em janeiro de 2019.

As acusações, que Flávio Bolsonaro já havia considerado parte de um complô político contra seu pai, giram em torno de suspeitas de que o filho do presidente estava envolvido em uma prática generalizada, mas criminosa, na política brasileira conhecida como “rachadinha. quando foi deputado carioca de 2004 a 2018.

Segundo o esquema, que se traduz aproximadamente como “divisão salarial”, os políticos corruptos desviam uma parte dos salários de seus funcionários financiados publicamente para ganho pessoal.

As acusações também foram movidas contra 16 outros, incluindo Fabrício Queiroz, um ex-policial e amigo de longa data do presidente do Brasil que havia trabalhado com o filho de Bolsonaro e tem laços bem documentados com o submundo do Rio. Queiroz está em prisão domiciliar após ser detido em junho na propriedade de um advogado que representou Jair e Flávio Bolsonaro.

O jornal carioca O Globo disse as acusações foram parcialmente baseadas no depoimento de uma ex-assessora chamada Luiza Sousa Paes, que disse aos investigadores que deveria devolver mais de 90% de seu salário. Paes afirmou que durante um período de seis anos ela pagou cerca de 160.000 reais (mais de £ 20.000) a Queiroz.

O juiz deve aceitar as acusações para que o caso avance.

No uma afirmação, A equipe jurídica de Flávio Bolsonaro considerou as alegações infundadas: “Isso nada mais é do que uma história macabra e mal concebida”.

Jair Bolsonaro não fez comentários imediatos. Mas as acusações são o último constrangimento para o ex-capitão do Exército que assumiu o poder em 2018 se retratando como um forasteiro como Trump e cruzado anticorrupção que drenaria o pântano brasileiro.

Essa reputação foi se desintegrando gradualmente devido às suspeitas sobre seu filho mais velho e investigações sobre seus outros dois filhos políticos, Carlos e Eduardo, sobre supostas irregularidades financeiras e a alegada divulgação ilegal de desinformação. Eles também negam irregularidades.

A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, também supostamente se viu na mira dos investigadores com afirmações de que recebeu um série de pagamentos misteriosos from Queiroz.

Bolsonaro bateu para um jornalista que perguntou sobre esses pagamentos em agosto, respondendo: “O que eu realmente gostaria de fazer é quebrar sua cara, certo?”

A esquerda brasileira comemorou as acusações contra o filho de Bolsonaro tweetando a notícia com a hashtag #FlavioNaCadeia (#FlavioBehindBars).

Também houve críticas da direita, inclusive de ex-apoiadores do Bolsonaro desiludidos, como a conservadora congressista Joice Hasselmann.

“A PARTE DO SALÁRIO É O ROUBO DE DINHEIRO PÚBLICO E OS CROOKS PERTENCEM À CADEIA!” ela tweetou.

Fonte: https://www.theguardian.com/world/2020/nov/04/brazil-president-jair-bolsonaros-son-flavio-accused-of-embezzlement

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Artigos recentes

Bebê morre afogado em batismo da Igreja Católica Ortodoxa

Contando com cerca de 250 milhões de fiéis no mundo, presentes principalmente na Europa Oriental, em países como Rússia, Romênia e Ucrânia, a Igreja...

Governo do Reino Unido está pensando em bater nas portas de vacinas de refusniks

O governo do Reino Unido está considerando um plano para enviar funcionários do conselho para bater nas portas daqueles que se recusaram a tomar...

Rompendo com a tradição católica, o papa indica a primeira mulher para um cargo sênior

CIDADE DO VATICANO, Santa Sé - O Papa Francisco rompeu com a tradição católica ao nomear uma mulher como subsecretária do sínodo dos bispos,...

Vacinação desacelerou em 50%, lamenta oficial, culpando ‘notícias falsas’ online

Mesmo que as vacinas estejam agora sendo oferecidas a todos os israelenses com mais de 16 anos, o ritmo das vacinações diminuiu drasticamente, disse...

‘Devíamos nos teletransportar, não dirigir’, diz Zuckerberg

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, acredita que o gigante da mídia social está prestes a transformar a maneira como as pessoas...